Como investir o seu 13º salário


Contador dá dicas sobre como o trabalhador pode fazer render a gratificação extra de final de ano

A segunda parcela da gratificação natalina está próxima de ser paga e muitos trabalhadores já aguardam ansiosos pelo próximo dia 20. O adicional geralmente é utilizado para quitar dívidas e incrementar o Natal, mas, e quem não está nessa situação, o que fazer com o extra recebido neste fim de ano? O especialista Daniel Carvalho, contador e sócio da Rui Cadete Consultores, aconselha que a melhor opção para esses casos é investir.

Quando o assunto é investimento o primeiro pensamento de muitos brasileiros é a popular poupança. Apesar de ser um investimento seguro e de baixo risco, não é o ideal para quem planeja fazer o dinheiro render. “O principal aspecto negativo da poupança é a baixa taxa de retorno, ou seja, os rendimentos são baixos comparados a outros investimentos”, destaca Daniel. Além disso, a poupança tem liquidez mensal, ou seja, é necessário esperar o mês virar para que o dinheiro possa render.

Uma solução que se assemelha aos benefícios da poupança e ainda garante outras vantagens são as Letras de Crédito Imobiliário e Letras de Crédito Agropecuário. “Os investimentos em LCA e LCI são os mais indicados para substituir a poupança, pois rendem um pouco mais do que a poupança, possuem isenção de imposto de renda e garantia pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito) até o limite de R$ 250 mil”, explica o especialista.

Esses pontos destacados pelo contador apontam a segurança do investimento, visto que a garantia do FGC certifica que, mesmo que a instituição escolhida para investir venha a falir, ainda assim o retorno é garantido. Outro ponto é que os investimentos podem ter os juros pré ou pós-fixados, ou seja, você pode saber ou não quanto receberá na data de resgate.

Diante desses aspectos, ainda é necessário que o investidor analise o tempo de carência da Letra de Crédito e o valor mínimo para investir, o que varia de instituição para instituição. Com todas as informações em mãos, é possível analisar qual o modelo de investimento se alinha melhor aos objetivos pretendidos.