9 Dicas preciosas para uma boa Limpeza de Condomínios

Uma das questões mais importantes no dia a dia de um condomínio é a sua limpeza, já que ninguém gosta de sujeira, desorganização e mau cheiro no ambiente. De modo que, a falta de higiene em um condomínio irá, sem dúvida, prejudicar o bem-estar dos moradores, funcionários e visitas.

Além disso, podemos é importante se atentar a limpeza de condomínios devido a problemas que podem surgir devido à falta de uma higienização adequada, como os insetos e outras pragas. Onde insetos e animais podem se sentir atraídos pelo acúmulo de lixo, que servirá de alimento e abrigo.

Deste modo, a limpeza de condomínios tem, não só, sua função de promover um espaço mais confortável e adequado para a vida e bem-estar de seus condôminos, mas também a função de evitar problemas, como as pragas, que podem até mesmo colocar a saúde dos condôminos em risco.

No entanto, ainda existem muitas dúvidas sobre como se fazer a limpeza nos condomínios. Para facilitar a vida dos administradores e síndicos, desenvolvemos esta publicação, onde iremos dar algumas dicas para ser feita uma boa limpeza nos condomínios.

9 dicas preciosas para uma boa Limpeza de Condomínios

Como vimos, a limpeza de condomínios é muito importante para manter o ambiente seguro e agradável para todos aqueles que venham a utilizá-lo. Isso torna a limpeza de condomínios uma atividade essencial. 

Com o surgimento da pandemia da COVID-19, a importância dessa atividade aumentou, de modo que se possa manter os ambientes comuns com o mínimo de risco de contaminação pelo vírus. Com isso, vamos agora tratar das dicas que selecionamos para ajudar os síndicos e demais gestores do condomínio na organização dessa atividade.

#01. Conheça os tipos de limpeza

Antes de mais nada, é necessário que o síndico tenha plena compreensão em relação a quais os tipos de limpeza de condomínios que existem. Com essa compreensão, será possível entender como deverá organizar todos os cronogramas das equipes, os melhores dias e horários para a sua execução.

Limpeza geral

Como o próprio nome deixa claro, a limpeza será executada em toda a extensão do ambiente. Sendo feita, principalmente, nas áreas de maior circulação no condomínio.

Elevadores, Halls de entrada, corredores, garagens e portarias são alguns exemplos dessas áreas. E esse tipo de limpeza deve ser feita no mínimo uma vez na semana, é indicado que seja feita diariamente, de acordo com o fluxo de pessoas no local.

Limpeza de conservação

Essa se trata de uma limpeza mais leve, com o principal objetivo de manter um cheiro agradável no ambiente, com uma aparência boa e sem sujeira.

Essa limpeza consiste em tirar o pó das superfícies, retirar o lixo e cuidados com jardim. Sendo adequada conforme as demandas do condomínio.

Limpeza de manutenção

Por fim, temos o tipo de limpeza de condomínios que faz parte do calendário de manutenções preventivas. Onde, alguns exemplos de atividades executadas nesse tipo são: a limpeza da caixa d’água, todas as atividades de manutenção das piscinas, limpeza e pintura da fachada, além de dedetizações no condomínio.

#02. Liste e planeje as áreas que serão limpas

Agora que conhecemos os tipos de limpeza de condomínios, é hora do síndico conhecer melhor o condomínio e suas áreas comuns. E conhecendo cada um dos espaços, suas funções e fluxos de pessoas.

Após conhecer todas as áreas do condomínio, podemos refletir sobre quais locais deverão passar por cada um dos tipos de limpeza, sempre se atentando ao tipo e frequência de uso daquele local. 

Também é importante que se considere quais os itens que deverão ser limpos em cada local, isso irá ajudar a definir o tipo de limpeza, produtos que serão utilizados e quais habilidades serão necessárias para desempenhar a limpeza daquela área da forma correta.

É muito interessante que a equipe de limpeza esteja envolvida no planejamento da sua tarefa. Onde o zelador e os demais funcionários, que estão atuando diariamente naqueles locais podem fazer boas considerações em relação às atividades que devem ser executadas.

#03. Crie um cronograma de limpezas

É importante que se crie um cronograma de limpeza, que permite uma maior organização das equipes de limpeza do condomínio, assim como dá aos condôminos uma maior sensação de organização e para que não cause situações inesperadas.

Portanto, é importante que se monte o cronograma de limpeza de acordo com o perfil do condomínio. Onde condomínios comerciais precisam de cuidados mais frequentes, já que tem um grande fluxo de visitantes, enquanto os condomínios residenciais apresentam uma menor necessidade em algumas áreas comuns, no entanto há outras que necessitarão de maiores cuidados.

#04. Elabore um checklist de limpeza do condomínio para a equipe de limpeza

Para que se possa garantir a execução de todas as atividades da equipe de faxina, é importante que o síndico crie uma checklist de limpeza do condomínio.

Transformando o cronograma de limpeza em uma lista de afazeres, facilitando a identificação das atividades necessárias. Esse checklist servirá como uma sequência de atividades que deverão ser executadas.

Será de responsabilidade do síndico criar listas para cada área comum do condomínio, levando em consideração as devidas peculiaridades. De modo que o checklist faça parte da planilha de limpeza do condomínio que deve ser gerenciada pelo zelador ou gerente predial.

#05. Estabeleça regras de limpeza de condomínio

Um passo para se manter um padrão de qualidade, é preciso que o condomínio possua regras de limpeza. Sendo possível garantir que a higiene do condomínio esteja de acordo com as necessidades do condomínio.

Além disso, ter regras estabelecidas facilitam o treinamento de novos funcionários, que devem sempre obedecer a regras. Sendo necessário o repasse dessas normas à equipe de limpeza do condomínio.

#06. Tenha profissionais qualificados

Mesmo que se tenha um ótimo planejamento, é essencial que se tenha funcionários qualificados. Portanto, o condomínio deve investir em profissionais treinados e com experiência.

A quantidade de profissionais contratados deverá ser de acordo com as características do condomínio. Assim, quanto maior for o condomínio, mais profissionais serão necessários, principalmente para a limpeza de áreas comuns, como piscinas e salões de festa.

#07. Use produtos de limpeza adequados

Para executar a limpeza de condomínios da forma correta, é necessário também que se utilize produtos de qualidade. Isto é, para cada atividade é necessário utilizar alguns produtos específicos.

É importante lembrar que nem sempre o produto mais caro será o mais eficiente. Assim, conversar com a equipe que já tem experiência em limpeza para pegar dicas sobre os materiais mais eficientes para cada tarefa.

Alguns exemplos são: 

  • Sabão neutro para lavar pisos de madeira, cerâmica, mármore;
  • Polidor de metais para limpar a prataria de decoração do condomínio;
  • Desinfetante para a limpeza de banheiros de uso comum do condomínio.

#08. Tenha EPIS para os funcionários.

Durante a execução da limpeza, os membros da equipe de limpeza podem entrar em contato com diversas substâncias tóxicas. Por isso, o síndico deve ter a segurança dos funcionários e moradores como uma prioridade.

Assim, é necessário a aquisição de EPIs para que toda a equipe possa trabalhar de forma segura. Alguns exemplos de EPI são:

  • Luvas;
  • Botas antiderrapantes;
  • Óculos de proteção;
  • Macacões;
  • Máscaras;
  • Placas.

#09. Evite o acúmulo de sujeira

Por fim, temos a prevenção como um aliado na limpeza de condomínios, onde se deve ao máximo evitar o acúmulo de sujeira no dia a dia. A circulação de pessoas e movimentações na rua, todas podem trazer poeira para dentro do condomínio. Investir em capachos nas entradas é uma forma de reduzir a entrada de poeira, pois as pessoas terão de limpar os pés antes de entrar no condomínio. Reduzindo a necessidade de retrabalho da equipe de limpeza dos condomínios.

BANNER 5

Gostou do nosso post? Então compartilhe com seus amigos:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Sobre o autor

Rui Cadete

Relacionados

Categorias

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

Newsletter

Os melhores conteúdos do mundo contábil na sua caixa de e-mail! Preencha suas informações abaixo e inscreva-se:

Fale agora com um especialista
e entenda como podemos te ajudar: