Seguro Condominial: entenda porque ele é tão importante para o seu condomínio

Enquanto condômino, você está ciente de todos os seus direitos?

Você sabia que se alguma fatalidade ocorrer em seu condomínio, você pode e deve receber uma indenização por isso?

Sabia que todos esses direitos são assegurados através do Seguro Condominial?

Um condomínio coberto por um bom seguro pode evitar situações delicadas, ou quando estas ocorrerem, apesar das ações preventivas e fatores que fogem do controle, proceder da melhor forma possível através do auxílio de um seguro feito com antecedência.

Conheça a importância do seguro condominial e como ele pode garantir mais segurança para você e sua família e para os demais moradores. Saiba tudo neste artigo que preparamos com exclusividade  para você.

O que é um Seguro Condominial?

O Seguro Condominial é um tipo de seguro que tem a finalidade de garantir o reparo a algum dano causado à estrutura dos prédios e também aos pertences que estão dentro deles. 

O seguro Condominial é um item compulsório aos condomínios, ou seja, obrigatório, atendendo o que determina o Decreto-Lei 73/1966 (Art.20), da Lei 4.591/1964 (Art.13) e do Código Civil (Lei 10.406/2002, artigos 1.346 e 1.348, inciso IX).

Para que serve o Seguro Condominial?

O seguro condominial serve para garantir a proteção das áreas comuns de um condomínio.

Antes de dar continuidade ao texto, é importante deixar claro que, quando falarmos de condomínio, não estamos nos referindo somente ao residencial, como iniciamos este artigo, mas também estaremos direcionando este conteúdo para os condomínios comerciais.

O seguro condominial protege as áreas comuns da propriedade, mas não garante a proteção dos bens e demais patrimônios inseridos no imóvel.

Por essa razão, é interessante que o condômino faça a contratação de um seguro à parte, o Seguro Residencial.

Seguro Residencial: sem obrigatoriedade, porém necessário

No caso dos condomínios de casas, a cobertura é válida para todas as áreas comuns do local. Para os prédios, a cobertura é válida para toda a estrutura  e também para as áreas comuns.

Caso haja algum tipo de acidente que envolva alguma unidade do condomínio, o seguro cobrirá todas as despesas referente às perdas sofridas não só ao nível de estrutura, mas também com todos os itens que haviam na casa e/ou apartamento.

A seguradora se responsabilizará pelo ressarcimento de toda a perda sofrida pelo condômino. Para ter direito a todos esses benefícios, o proprietário do imóvel será o responsável pela contratação do seguro.

Seguro Condominial: de quem é a responsabilidade?

Este tipo de seguro é de total responsabilidade do condomínio, que deverá arcar com as despesas de manutenção do mesmo. É considerado obrigatório e se enquadra como despesa ordinária.

O fato de ter este tipo de seguro não isenta o condomínio a responder por outras medidas de segurança do local. O seguro condominial é apenas um dos tipos que estão sob a sua responsabilidade.

Tipos de cobertura do seguro condominial

Antes de contratar ou de procurar o síndico, ou outro administrador do condomínio para saber sobre o seguro vigente, saiba que existem dois tipos de seguro condominial com coberturas distintas: a cobertura básica simples e a cobertura básica ampla.

Cobertura básica simples

Este tipo de seguro garante a cobertura contra incêndios, raios que possam cair no terreno e explosões decorrentes de qualquer natureza. 

Caso o condomínio esteja vulnerável a outros tipos de fatalidades, é interessante consultar com uma seguradora a importância de contratar outros tipos de seguro que reforcem a segurança das pessoas que ali se encontram.

Cobertura básica ampla

Essa cobertura é um tipo mais abrangente, se comparada à anterior.

O seguro consegue cobrir os danos sofridos pelos itens que estiverem no imóvel por qualquer natureza que venha a fatalidade. Porém, é importante ter muita atenção, pois há algumas exceções. Consultar a seguradora sobre essas particularidades é indispensável.

Tipos de eventos cobertos pelo seguro condominial

Separamos aqui os principais eventos que são cobertos pelo seguro condominial. Confira:

Incêndios

Em caso de incêndio em condomínios residenciais, a cobertura do seguro abrange as áreas comuns do condomínio, equipamentos pertencentes ao local e elementos que integram a sua estrutura, como por exemplo, metais, janelas, portas, acabamentos, tubulações e pisos.

Porém, é importante fazer uma ressalva: para que a seguradora entre em ação, deverá ser realizado um trabalho de investigação minucioso para identificar as causas do incêndio.

Isso porque, para ter a cobertura do seguro, o incêndio precisa ter a sua origem comprovada oriunda de explosões, queda de aviões ou outro tipo de veículo de transporte aéreo, raios e deslizamentos.

Caso alguns destes eventos resultem em incêndio, é importante deixar claro que os pertences pessoais dos moradores que tiveram perda total, não serão cobertos pelo seguro.

Por isso é importante a contratação de um Seguro Residencial para auxiliar no processo de reconstrução da rotina e da vida na totalidade.

Roubos

Caso algum objeto seja extraído do condomínio, para que a seguradora possa cobrir o ocorrido, será necessário a comprovação de que o item roubado estava em propriedade do condomínio, dentro ou fora de suas dependências.

Estão cobertos pelo seguro qualquer objeto que integre as áreas de uso comum do condomínio, como por exemplo, academia, cozinha e área de lazer.

Panes elétricas

Fatalidades ocasionadas por como uma sobrecarga na rede elétrica, por exemplo, podem garantir que a haja a cobertura de equipamentos de uso comum do local.

Quais as vantagens de contratar um seguro condominial?

Veja abaixo as principais vantagens de contratar um seguro condominial:

Cumprimento da  Lei

Como mostramos logo no início deste artigo, o seguro condominial é uma obrigação do condomínio em si, que também será o responsável por arcar com os custos do seguro.

Tornar o local ainda mais seguro

Geralmente, quem busca por um condomínio, seja para fins residenciais ou comerciais, está em busca de segurança em todos os sentidos.

Mesmo os condomínios oferecendo uma sensação de segurança, não significa que o ambiente seja 100% seguro, isento de qualquer fatalidade, causada de forma espontânea ou criminosa.

Por isso, é importante deixar claro para todos os condôminos a existência do seguro condominial, sua cobertura e se possível, falar-lhes a respeito de seguros complementares que eles podem adquirir para coberturas específicas, como seus bens pessoais.

Contenção de despesas em caso de imprevistos

Caso ocorra algo que não estava previsto, o condomínio não precisará desembolsar mais valores e comprometer o seu orçamento diante de uma nova despesa com a qual ninguém contava, nem estava preparada para ela.

O seguro condominial dará conta de repor todas as perdas que o condomínio venha a sofrer, dentro, obviamente, do plano de cobertura oferecido pela seguradora.

Suporte imediato em caso de sinistro

Se o condomínio vier a sofrer algum dano em virtude de alguma fatalidade ocorrida, não precisará se preocupar com o amparo que será necessário naquele momento, já que a seguradora será acionada de imediato e prestará todo o apoio num momento tão delicado.

Essa é uma preocupação a menos para o condomínio que está sob a cobertura de um seguro condominial.  Imagine se não fosse obrigatório e se não tivesse seguro? O problema seria infinitamente maior.

Cuidados indispensáveis

É importante lembrar que, por mais seguros existentes nos condomínios, nada irá substituir os cuidados preventivos e a responsabilidade para com a vida, saúde e segurança dos condôminos.

Zelar pela estrutura física na totalidade do local, oferecer segurança contra possíveis invasões de terceiros que possam ocasionar em furtos e roubos é dever do condomínio.

Quanto mais cuidados para oferecer um local mais seguro e tranquilo, seja para morar ou para trabalhar, melhor.

Conclusão

O seguro condominial é um item de segurança obrigatório e indispensável para todos os condomínios, sejam eles para fins residenciais ou comerciais.

Através do seguro condominial, é possível recuperar objetos roubados e até mesmo perdidos por motivos de incêndio, falha elétrica ou outro tipo de acidente, desde que estejam em áreas comuns.

Com isso, todos estarão seguros e protegidos, na certeza de que uma administração responsável cuida da segurança e vida dos condôminos em todos os detalhes.

BANNER 5

Gostou do nosso post? Então compartilhe com seus amigos:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Sobre o autor

Rui Cadete

Relacionados

Categorias

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

Newsletter

Os melhores conteúdos do mundo contábil na sua caixa de e-mail! Preencha suas informações abaixo e inscreva-se:

Fale agora com um especialista
e entenda como podemos te ajudar: